Devil May Cry MOD

ESSA É UMA ÁREA DOS DOWNLOAD DO SITE, POR ISSO LOGO ABAIXO IRÁ TER O LINK PARA BAIXAR O JOGO, BAIXE ELE E SEJA FELIZ =D

BAIXE O GAME LOGO ABAIXO


NOTÍCIAS


Novo Toyota Corolla é apresentado e chega ao Brasil em 2020



Demorou, mas chegou! Este é o novo Toyota Corolla na versão sedã, apresentada na China durante o Salão de Guangzhou e que acabou ficando para depois das variantes hatchback e perua. Assim como seus irmãos de plataforma, o Corola sedã traz uma mudança radical nas suas linhas, tentando atrair o público mais jovem. Promete ser mais seguro, com a adição de equipamentos de segurança ativa e passiva, e mais econômico, tanto pelo uso do motor 2.0 de 170 cv quanto com a futura versão híbrida.

O novo Toyota Corolla terá três visuais. As versões com motor a combustão (como o modelo vermelho acima) terão um design próximo do hatch e da perua,com o mesmo formato de grade e que foi apresentado na China como Levin (nome de uma das versões na China). A segunda versão será a híbrida (na foto do meio acima),com faróis de formato diferente, mais retangulares do que as do hatchback, e com luzes de neblina afastadas da grade. Alguns mercados, como os Estados Unidos,terão uma variante com cara mais esportiva chamada XSE, com uma grade bem maior que engloba parte do para-choque e ainda recebeu uma segunda entrada de ar mais acima.Os faróis têm formato semelhante ao da versão normal, mas com luzes de LED.

A estreia na maioria dos mercados irá acontecer ao longo de 2019. A fabricante diz que, na Europa e nos EUA, começará a ser vendido durante a primavera do hemisfério norte (ou seja, entre março e junho). Por aqui, a espera será mais longa. Como a fabricante nipônica acaba de começar a atualização da fábrica em Indaiatuba (SP), investindo R$ 1 bilhão na obra, em um processo que levará até um ano e meio para ser concluído, o lançamento nacional fica para 2020.


NOTÍCIAS


Yamaha XJ6-N deixa de ser produzida no Brasil



Após 9 anos no Brasil, a Yamaha XJ6-N teve sua produção encerrada em nosso mercado, consequentemente acabando com sua vida nas lojas. A naked já havia saído de linha no resto do mundo, descontinuada em 2016. A fabricante diz que ainda tem estoque nas concessionárias, vendendo a moto por R$ 34.690 (sem contar o frete), nas cores azul Racing Blue e cinza Matt Gray.

Criada como a naked mais acessível da marca no Brasil, a Yamaha XJ6-N era equipada com motor quatro cilindros de 599 cm³, 16V DOHC, que gera 77,5 cv a 10.000 rpm e torque de 6,1 kgfm a 5.550 rpm, vindo da FZ6 Fazer. Seu câmbio tem 6 marchas e utiliza freios a disco de 298 mm na frente e 245 mm na traseira.

De acordo com a Yamaha, a moto vendeu cerca de 21 mil unidades ao longo dos nove anos no Brasil. Sem ela, as opções entre as naked da marca ficam com a MT-07 e MT-09, de dois e três cilindros, respectivamente.

"

NOTÍCIAS


Google confirma encerramento da rede social Google+



O Google anunciou nesta quinta-feira (1°) que irá encerrar a rede social no Google+ ocorrerá no dia 2 de abril de 2019. É o fim oficial de um projeto que nasceu com o objetivo de competir com o Facebook, mas que nunca chegou a se consolidar entre os internautas.A empresa, que já anunciou sua intenção de fechar a plataforma no ano passado, tinha indicado que isso aconteceria em abril, mas ainda não havia definido uma data específica.

Em novembro do ano passado, os funcionários do Google detectaram uma falha de segurança que expôs informações privadas de 52,5 milhões de usuários da Internet, contribuindo para precipitar a decisão de encerrar a rede social. Outra falha já havia sido descoberta antes.Os dados pessoais dos usuários que ficaram expostos foram nomes, endereços de e-mail, profissão e idade.

A plataforma esteve vulnerável entre o dia 7 de novembro — data em que o Google lançou uma atualização de software responsável pela falha — e o dia 13 do mesmo mês, seis dias depois, quando a empresa encontrou o erro e o corrigiu.A companhia disse que não estava ciente de que roubos de informações por terceiros haviam ocorrido durante esse período.


NOTÍCIAS


Após queda nas vendas de iPhone, Apple planeja reduzir preços



A Apple anunciou que planeja reduzir o preço de alguns modelos de iPhone, fora dos Estados Unidos, para miminizar o impacto da valorização do dólar sobre moedas locais. A empresa afirmou que ainda não está definido em quais mercados isso acontecerá e se o Brasil é um deles.O anúncio veio depois de um período de queda nas vendas do smartphone, apontado no balanço trimestral divulgado na terça-feira (29). No último trimestre do ano passado, a Apple vendeu 15% menos aparelhos do que no ano anterior. É a primeira queda no faturamento da empresa no quarto trimestre desde 2000 — um período importante por conta das vendas de final de ano.

A empresa já havia anunciado uma redução na expectativa de faturamento no quarto período de 2018, um anúncio que impactou o mercado no começo do ano, levando as ações à maior queda diária em 5 anos.O faturamento do trimestre foi de US$ 84,3 bilhões, queda 5% em relação ao mesmo período em 2017.A Apple apenas reduziu o preço do aparelho uma vez antes, pouco depois de seu lançamento, em 2007. Agora, a redução vem no intuito de ajudar também a conter o aumento de preços em mercados emergentes, como China e Turquia, onde as vendas também sofrem com a desvalorização cambial em relação ao dólar.

Além do preço, a Apple tem enfrentado concorrência de marcas chinesas como Xiaomi e Huawei, que inclusive tomou o posto de segunda maior vendedora global de smartphones da americana em julho de 2018.


NOTÍCIAS


Para proteger a Terra, sonda da Nasa vai colidir com asteroide



Um asteroide se aproxima da Terra. Cientistas e políticos de todo o globo se unem em um esforço para impedir o impacto fatal. Parece enredo de um filme de ficção científica, mas graças a um projeto aprovado pela Nasa, essa história poderá se tornar realidade.A sonda espacial batizada de DART (sigla para Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos) deve ser lançada entre dezembro de 2020 e em maio de 2021. Ela deve colidir com o asteroide Didymoon em outubro de 2022. O principal objetivo da missão é alterar o curso do asteroide, que tem 150 metros de comprimento.

A sonda de meia tonelada deve atingir o Didymoon a uma velocidade de 6 quilômetros por segundo, o que será capaz de mudar a órbita do asteroide. Com o experimento, a Nasa espera conseguir dados e conhecimento suficientes para lidar com asteroides que trazem riscos reais à Terra no futuro.

A Nasa não é a única envolvida na operação. A Agência Espacial Europeia (ESA) também faz parte do projeto e irá coletar, com a sonda Hera, dados do asteroide após do impacto. Dois satélites que acompanham Hera pousarão nos fragmentos do asteroide para coletar informações, estudar a estrutura interna das rochas e calcular seu campo gravitacional.


NOTÍCIAS


Colocar o celular no arroz adianta? Conheça mitos e verdades



Certamente você já ouviu falar em alguma dessas coisas verdadeiros mitos populares. Será que funciona mesmo colocar o celular em um pote de arroz se o aparelho cair na água? E a pasta de dente tira riscos da tela? E a bateria, vicia? São muitas dúvidas ainda. Para nos ajudar a responder os mitos mais famosos sobre smartphones, fomos conversar com uma especialista em manutenção de celulares para tirar todas essas dúvidas e nos ajudar a criar um guia de socorros para o seu tão querido celular.Vamos começar com o arroz. Ele sempre chega primeiro. Se o seu celular já caiu na água - seja na privada ou na piscina - provavelmente alguém apareceu com essa ideia rápido, coloca o aparelho em um pote com arroz que ele seca. Muita gente aqui já fez isso e não dá nem para tirar sarro. Na hora do desespero, qualquer coisa vale para tentar salvar o celular. Mas este é só mais um mito! Sim, o arroz possui propriedade absorvente, mas não o suficiente para secar e salvar um smartphone encharcado.

Para um caso menos desesperador, outro grande mito é o uso de pasta de dente para tentar tirar riscos da tela. Seria ótimo se fosse fácil assim. Mas não é! A única coisa que a pasta faz é deixar uma meleca no seu aparelho um cheirinho de dentista…Uma troca de tela, dependendo do modelo do smartphone, custa entre 250 e 700 reais. É um prejuízo, claro. Mas o valor ainda é 50% menor do que o custo de uma tela nova. Para evitar esse tipo de desastre, o melhor mesmo é escolher uma película protetora - custa muuuito menos!

Por falar em tela, esta informação não é mito, não! Usar o smarphone com a tela trincada ou rachada pode, sim, prejudicar o funcionamento do aparelho. Muita gente costuma continuar usando o telefone normalmente com a tela rachada. O celular continua funcionando normalmente se o touch - a parte sensível ao toque da tela - não tiver sido prejudicada. Mas a indicação é não usar o aparelho com a tela rachada… acredite, as coisas podem ficar muito piores do que já estão… Aí a dor no bolso é muito maior! Se a troca de vidro custa entre 250 e 700 reais. substituir o LCD, a tela do aparelho, sai a partir de 700, podendo chegar até 1600 reais.

Deixe uma resposta